LOS – Capítulo 61

Anterior | Próximo


Capítulo 61:

~Prioridades~

 


 

“Todos têm seus próprios, pequenos, problemas.”

— Uma Memória dos Antigos

 


 

***Caríntia***

***Sely***

 

 

Faz uma semana desde que os fae se decidiram por guerra aberta contra nós e o mundo está se despedaçando pedaço por feio pedaço. Milhões morreram na primeira noite e as baixas estão se acumulando. Não importa que a maioria dos humanos tenha tido uma repentina mudança de ideia e agora estão trabalhando junto com os sobrenaturais. Os vários clãs também estão dando uma mão. Em alguns casos, nosso povo até assumiu a resistência, o que foi abertamente encorajado pelos nossos anciões.

Isso não vai mudar o fato de que o mundo nunca mais será o mesmo que era quando isso acabar. De acordo com nossa estimativa bruta, os mortos devem numerar milhões. Oh, e não tenho dúvida nenhuma que podemos pelo menos segurar os fae por mais um tempo. Nosso povo é bastante ardiloso quando se trata de combate não ortodoxo.

O fae médio, pelo menos um soldado comum, não é muito mais poderoso que um humano quando se trata de magia. Parece que seus métodos de procriação reduziram o potencial mágico de suas proles com cada geração. Talvez essa seja a razão de eles estarem tão desesperados.

Apesar de sua magia ser fraca, eles são numerosos e mais rápidos e mais fortes que o humano comum. Eles também têm a vantagem de se curarem mais rápido que qualquer humano jamais poderia ter a esperança de se curar. Além disso, eles podem resistir a maioria das coisas desagradáveis usadas em guerras químicas. E por último, eles estão armados com armas modernas, o que os faz superiores a qualquer exército humano.

Alguém entre os clãs rapidamente percebeu isso e elaborou uma alteração para o seu Véu, dando a ele a habilidade de lançar um feitiço de área focado, que tenta inflamar combustíveis. Ele não é perfeito e acende apenas uma de dez balas, mas isso é o bastante. invoque-o em um exército que depende enormemente de armas de fogo, e o efeito é bem devastador.

O feitiço é grosseiro, difícil de mirar e muito caótico. Mas essa é a razão de ser tão bom. O que é caótico, é difícil de combater.

Ter uma de dez balas explodindo não significa que as tropas fae de repente ficarão sem suas armas. Mas certamente acaba com todos os pentes. E não importa quão rápidos e fortes os fae sejam, sendo reduzidos a rifles com apenas um único tiro faz toda a diferença quando seu inimigo tem acesso a armas automáticas.

Também não é muito reconfortante carregar uma arma que pode disparar a qualquer momento sem o seu consentimento. Todos os clãs apreciaram a ideia e estou bastante certa que agora, todos os Véus em volta do mundo têm tal funcionalidade. Junto a mais algumas surpresas desagradáveis. Ouvi que um clã encontrou um meio de pressurizar o sistema de esgoto da cidade, bombeando toda a coisa nojenta na área com a árvore fabulosa, alagando-a.

Eles agora estão esperando suas raízes apodrecerem. Espero que isso funcione e não acabe simplesmente fertilizando a coisa maldita.

Mas isso não muda o fato de que os fae são uma onda incansável, vertendo de enormes árvores que brotaram em cada capital. Para cada fae que é morto, há mais dois para tomar sua arma. Em algumas regiões, eles até trazem armamento pesado como tanques e artilharias para suporte. Ou usam aqueles que capturaram dos humanos. Eu não estou totalmente certa disso.

O que eu tenho certeza, é que isso é só o primeiro passo em uma campanha muito maior. Até agora, tudo o que eles têm feito é estabelecer cabeças-de-ponte. Em algum ponto eles terão que se mover para conquistar o resto do mundo.

Em alguns lugares, a situação está tão extrema que os oficiais governamentais restantes autorizaram o uso de armas sujas. China e EUA até recorreram a bombardear atomicamente suas capitais. Magnus sugeriu isso desde o começo, mas ele também não se importa muito com as vidas humanas. Desde que ele possa testar as defesas dos fae para descartar certas armas, é tudo o mesmo para ele.

Eu não tenho ilusões sobre o caráter do meu querido parceiro.

É claro, as bombas nucleares falharam. Os fae encontraram um meio de criar escudos realmente fortes, que eles usam para defender seus portais. Admitidamente, as bombas ganharam algum tempo ao eliminar um vasto número de fae em volta dos portais, mas esses foram facilmente substituídos por ainda mais soldados.

Agora os soldados humanos enfrentam o problema da radiação, enquanto os fae estão razoavelmente indiferentes a isso. Eles herdaram esse traço e seus tempos de vida longos de nós.

Eu suspiro fortemente enquanto escuto o conselho de guerra apressadamente reunido de nosso território. Ele consiste da Eva, Paul e Adam. Até agora, eles fizeram um trabalho razoavelmente bom em evitar os humanos de entrarem em pânico. Eu também admito que tomar controle da agência de notícias local teve muito a ver com isso. Nós censuramos tudo que sequer indique nosso território estar em perigo. A princípio, Eva não estava exatamente entusiasmada pela ideia de guerra de informações, mas ela rapidamente admitiu derrota quando viu quão mal os países como a França estão lidando com a situação.

Enormes quantias de refugiados que tentam fugir de uma zona para outra não são realmente úteis em manter a lei e a ordem. A esse ponto, a França é basicamente inexistente como uma nação.

“Há mais alguma coisa que possamos fazer?” pergunto aos outros. “Nós podemos tentar fechar o Véu completamente. Se você acha que isolação total é uma boa escolha. Estou razoavelmente certa que nós ouviremos nada útil do governo deste país. O exército deles basicamente abandonou essa área quando foram ordenados a se mover contra a capital.”

Não que esse país tenha qualquer força notável para início de conversa. Eles terão dificuldades em conter os fae. Só é bom que o clã mantendo Viena é um antigo e largo. Pelo que ouvi, a cidade atualmente é uma pilha de entulho, mas tenho certeza que os Antigos que possuem o território não desistirão de seu lar tão facilmente.

Eva sacode sua cabeça e Adam não tem mais que algumas palavras de conforto para adicionar: “Ordenei a todos os Krampus que apliquem a lei. Até recrutamos alguns humanos como assistentes. Eles são mais que o bastante para lidar com sua própria espécie.”

Paul assente e gorgoleja. O homenzinho e seu povo são uma das minhas cartas trunfo em nossa defesa. “O lago está pronto. Nós estamos prontos para mudar o clima a qualquer momento. Caso qualquer um decida se mover contra este território, eles terão que lidar com chuva, tempestade e afogamento em um dilúvio de água.”

“Obrigada. Se não há mais nada, vocês devem cuidar de seus deveres. Eu falarei com a Fiacre sobre o Véu. Ela mencionou que pode ser capaz de adaptar algumas novas mudanças. No momento, os anciões estão fazendo tudo que pode ser de conhecimento público útil.”

Sou interrompida pela abertura da porta para a sala de conferências, o que me oferece a visão da minha irmãzinha. Os olhos da Annia estão vermelhos e há lágrimas em suas bochechas. Por um curto momento, vejo seus olhos piscarem com luz vermelha. Mas isso se vai em um piscar de olhos, me deixando com a questão de se o que eu vi realmente aconteceu, ou se imaginei.

Annia dispara na sala e me abraça. “Eles fizeram! Eles realmente fizeram!”

Oh, pelos deuses! O que os fae fizeram agora? Deve ter sido horrível para Annia ser afetada. Eu eduquei ela para ser uma mulher dura que pode cuidar de si mesma. Nada menos que o fim do mundo deveria fazê-la chorar. “Shh, Querida. Não há necessidade de chorar. O que aconteceu? Me fala.”

“Eles derrubaram a internet!”

Seus choros tristes são o único barulho na sala de outro modo silenciosa. Eu tento entender o problema da Annia, mas falho em vê-lo. “Perdão? Eles derrubaram a internet?” Faço da resposta dela uma pergunta, esperando que ela elabore.

“Aqueles bastardos explodiram os cabos de dados intercontinentais. Eu só tenho acesso a pequenas partes da Europa! Isso é tudo! Como qualquer pessoa poderia fazer algo tão horrível!? A internet é um vasto poço sagrado de informação e entretenimento!”

Eu respondo com um abraço. Não há mais nada que eu possa fazer. Sério? A Annia está tão afetada assim por perder algumas geringonças tecnológicas? Eu vivi uma enorme parte da minha vida sem computadores, e ela tem um colapso mental porque não tem acesso à rede?

“Tenho certeza que isso pode ser reparado. Nós iremos-”

Annia se afasta com um um empurrão e seus olhos piscam em vermelho. “Eles têm que ser punidos! Eu vou descer no laboratório e ajudar o Hatlix e o Magnus com o que quer que estejam fazendo. Nós eliminaremos eles até a última célula!” Então ela dispara para fora da sala, do mesmo jeito que entrou.

“Bem.” Limpo minha garganta e me forço a sorrir. Então viro minha atenção de volta aos três atendentes sobrenaturais. “É difícil quando chegam à puberdade. Todas essas emoções indesejadas. A raiva e frustração simplesmente me enlouquece. Meu clã teve que me prender por uma semana antes de eu parar de bater em cabeças aleatórias. O que é melhor que uma boa rodada de genocídio para focar todas essas emoções em algo produtivo?”

Todos os três me olham com rostos pálidos. Posso dizer que eles querem estar em outro lugar.

 


Ei, se estiverem gostando do projeto e desejarem ajudar um pouco, vocês podem fazer isso acessando o link abaixo, solucionando o Captcha e aguardando dez segundos para ir à nossa página de agradecimentos.

Podem acessar por aqui.


Tradução: Batata Yacon   | Revisor: Delongas


Anterior | Próximo


 

3 ideias sobre “LOS – Capítulo 61

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s