LoMa – Volume 7 – Capítulo 11

AnteriorPróximo


Escrito por Mishima Yomu/Wai (三嶋 与夢)
Traduzido da versão Inglês do Cipher em  Rain of Snow


Arrogância

 

Isaac estava suando às gotas no salão de audiências.

(Q-qual o problema dessa pessoa!? Está me dizendo que esse é o meu irmão?)

Ele tinha visto Liam apenas uma vez quando era jovem.

Tinha sido quase a meio século atrás.

Ele havia visitado a capital para a cerimônia de premiação do Liam e o tinha visto de longe.

Seu avô e pai tinham-no convidado para a cerimônia, já que era um de seus parentes aquele sendo premiado.

Naquela hora, ele havia ficado bastante distante de Liam, mas agora, ele estava morto de medo.

Os cavaleiros enfileirados dos lados dele pareciam muito diferentes dos cavaleiros que ele trouxera consigo.

Tudo parecia tão diferente.

Seu cavaleiro chefe parecia bem patético enquanto tentava dar várias desculpas na frente de Liam.

— Senhor Liam, por favor, escute-me. Nós partimos por conta de nosso dever de proteção para com o antigo chefe da família.

Sem interesse, Liam ignorava as desculpas que ele dava.

Porém, ele logo sentiu um senso de desconforto quando observou as bonecas enfileiradas no salão de audiências.

— Ei, por que estou com uma empregada a menos?

Notando que uma das empregadas estava em falta, ele perguntou ao Klaus sobre a situação.

Após um momento de hesitação, Klaus respondeu:

— … A enviamos de volta para a fábrica para que fosse reparada.

— Huh? Mas por quê? A hora agendada para os reparos não é muito mais tarde?

Era como se Liam soubesse dos cronogramas de cada uma de suas bonecas.

Ele soava desagradado — ou melhor, preocupado —, que uma delas estava desaparecida.

— … Os cavaleiros do Isaac a destruíram deliberadamente.

— Destruída? … Isaac, foi você quem ordenou a destruição?

Sujeitado ao olhar penetrante de Liam, as palavras ficaram presas na garganta de Isaac quando ele tentou falar.

Ele tremia, aterrorizado.

(U-uh…ah…)

Ele estava tão aterrorizado que não conseguia colocar sua mente em ordem.

Ao invés disso, foi Klaus quem ofereceu um relatório com base em suas investigações.

— Senhor Liam, de acordo com nossas investigações, os cavaleiros do Isaac-sama agiram por conta própria. Temos evidência o bastante para corroborar, então muito provavelmente é verdade. Os deixamos em paz para que o Senhor Liam pudesse lidar com eles quando retorna…

Aconteceu imediatamente depois.

Antes que o cavaleiro chefe pudesse inventar uma desculpa, Liam apareceu ao lado de Isaac e desceu sua espada.

Os cavaleiros ao lado de Isaac foram fatiados, mas deixados com vida.

Como estava furioso, Liam não se incomodou em esconder sua raiva, resultando em Isaac desmaiando devido à pressão.

— … Envie Isaac de volta para a capital. Um homem que desmaia tão fácil não serve para ser meu sucessor.

Coloquei a espada em sua bainha e encarei os subordinados de Isaac que ainda estavam vivos.

Eu propositalmente não os tinha matado com um golpe só.

— M-misericórdia…

Piso no homem que parece ser o cavaleiro chefe do Isaac.

— Eu estava pensando em prosseguir com essa farsa, mas mudei de ideia. Kukuri.

— Presente.

Entrego os dejetos humanos que feriram minha empregada para o Kukuri, que emergiu das sombras.

— Faça o que quiser com eles.

— Hihihi, tem certeza?

Sendo honesto… eu quero torturá-los pessoalmente, mas tenho medo de matá-los acidentalmente em um ataque de raiva.

Além do mais, Kukuri e seus subordinados são melhores versados na arte da tortura do que eu.

— Sim. Se eu lidasse com eles, provavelmente morreriam imediatamente… Agora, ouvi que houve alguns idiotas que os ajudaram?

Pérfidos que me traíram pelo Isaac.

Os oficiais estão grudados em mim e implorando por perdão, mas meus cavaleiros estão segurando eles.

— Senhor Liam! Por favor, tenha misericórdia!

— F-foi tudo feito deles! Por favor, perdoe-nos!

Estou cansado de ouvir todas essas desculpas.

— Executem todos os traidores e expulsem suas famílias do território… Tirem-nos da minha vista.

Os cavaleiros arrastam os oficiais para longe do saguão de audiências.

Meu coração está fervendo neste momento, e não consigo controlar.

É realmente frustrante.

Não achei que toda essa bagunça fosse ocorrer só porque eu sumi. Eles até destruíram uma das minhas empregadas!

— Já faz algum tempo desde a última faxina. É hora de limpar a casa de novo.

Klaus corre para mim e pergunta o que quero dizer pela limpeza.

— Faxina, meu senhor? Mas a mansão está sempre em um estado pristino?

Pelo modo como ele está suando, está claro que Klaus está perguntando completamente ciente de minhas intenções.

— Não, lixo demais se acumulou. É hora de limpar tudo… Rastreie todos os traidores e os puna de acordo. Quer saber… façamos isso minuciosamente desta vez. Investigue e puna até mesmo aqueles que tecnicamente não traíram.

Estou completamente preparado para ouvir palavras de protesto, mas Klaus simplesmente assente.

— Entendido.

Ele está surpreendentemente tranquilo com isso.

Agora que penso a respeito, ele ficou aqui mantendo as coisas sob controle mesmo enquanto eu estava ausente.

É muito mais confiável do que Tia e Marie.

… Ele deve servir.

Bato minhas mãos e dou instruções a todos.

— É hora da faxina! Voltem e limpem seus locais de trabalho… Os deixem imaculados, entendido? Se sobrar qualquer lixo, a pessoa será responsabilizada por ser preguiçosa.

Todos os presentes se ajoelham na minha frente e aquiescem à minha ordem.

— Como desejar!

É hora de limpar as coisas.

Klaus estava, de muitas formas, em seu limite.

Ele tinha se exaurido tentando manter a ordem durante a ausência do Liam.

Assim, quando Liam ordenou uma enorme faxina, assim ele fez, pensando: “que seja, então”.

(Bem, traidores emergiram, então acho que faz sentido apertar as coisas. Nesse caso, o que ocorrerá com a Chengshi? Ela parece ter passado da linha.)

Com mais trabalho sobre si, ele sentiu vontade de desistir.

Liam olhou para todos na audiência antes de inclinar sua cabeça.

— Huh? Cadê minhas irmãs júnior? E cadê a Chengshi?

— Essas três estão…

As irmãs júnior do Liam e Chengshi, a cavaleira mais sedenta de sangue, estavam em uma bagunça de situação.

Rin-ho e Fuuka estavam usando a instalação de treinamento que Liam tinha preparado, e estavam enfrentando Chengshi, que havia abandonado sua forma humana.

Chengshi se parecia com um assustador inseto mecânico, um que enviava calafrios até mesmo pelas costas de Rin-ho e Fuuka.

— Ela continua nos desafiando independentemente de quantas vezes a cortemos. Ela tem coragem, isso irei admitir.

— Já estou ficando cansada disso.

Toda vez que a cortavam, ela reviveria e as desafiaria de novo.

Cada vez que fazia isso, ela se tornaria mais forte, e agora, ela era forte o bastante para ameaçá-las.

Inicialmente, elas consideraram isso um passatempo e entretiveram seus desafios, mas tinham se enfiado em maus lençóis.

Fuuka cortou as pernas de Chengshi com suas espadas gêmeas, mas elas se transformaram em metal líquido e se recolocaram no corpo de Chengshi.

Não importava o quanto elas tentassem-na cortar, Chengshi sempre se recuperaria.

— Já estou farta disso! Rin-ho, ela é toda sua agora.

Rin-ho também já estava ficando de saco cheio.

— Não, vai você. Já cansei disso.

Havia um núcleo dentro do corpo de Chengshi mantendo o metal líquido em controle.

Porém, estava constantemente se movendo dentro do seu corpo, dificultando sua detecção.

Isso deu a Chengshi a oportunidade de observar as técnicas do Lampejo-Único, até finalmente, ela conseguir se esquivar do ataque de Fuuka.

Chocada, Fuuka se distanciou de Chengshi.

— Ela realmente se esquivou.

Fuuka ficou surpresa por Chengshi ter se esquivado de um de seus ataques sérios.

Chengshi falou com elas.

— Graças a vocês duas, aprendi muito sobre o Lampejo-Único. Agora, eu posso desafiar o Liam.

Frustrada, Rin-ho saltou até ela e deu um corte, mas Chengshi dividiu seu corpo em dois e evitou o ataque.

Ela continuou dividindo seu corpo até cercar elas de todos os lados.

— Tsc!

Rin-ho abaixou a postura de seu corpo e preparou sua espada.

Fuuka estava igualmente atenta a Chengshi.

— Já brinquei por tempo demais.

Chengshi estava completamente determinada a matá-las ali mesmo.

— Irei mostrar seus corpos mortos ao Liam. Então, ele me enfrentará seriamente!

O único propósito na vida de Chengshi era batalhar, então ela não ligava para o que o futuro lhe tinha em reserva.

Seu único desejo era derrotar o Liam.

Foi então que a porta para o campo de treinamento se abriu, revelando a figura de Liam.

Ele tinha uma espada em sua mão enquanto entrava, e fez uma cara de nojo quando testemunhou a figura de Chengshi.

— Que figura lamentável.

— LIAAAAAAMM!!

Chengshi alegrou-se, e os insetos mecânicos se uniram em um.

Ela tinha abandonado sua forma humana para enfrentar o Lampejo-Único.

Ela investiu contra Liam para acabar com ele.

Vendo isso, Fuuka tentou alertar Liam.

— Irmão Sênior, ela pode…

Porém, Liam não tinha interesse nenhum no que ela tinha a dizer.

— Não há necessidade nenhuma de se preocupar. Chengshi, você traiu minhas expectativas.

Quando Chengshi tentou ver através do Lampejo-Único do Liam, ela foi destroçada, e metal líquido se espirrou na parede.

Havia um objeto esférico na mão esquerda de Liam.

Era o núcleo de Chengshi.

— Você achou meu núcleo tão rápido assim?

Chengshi ficou chocada, mas Liam manteve-se indiferente.

Ele jogou o núcleo de Chengshi para os homens atrás dele.

— Ei, criem um novo corpo para ela. Se ela está apenas neste nível apesar de ser uma máquina, então está melhor servida com seu corpo original.

Tendo perdido seu núcleo, o metal líquido parou de regenerar.

Chengshi parecia frustrada.

— Está fingindo ser misericordioso? Apenas me mate! Se não, eu continuarei indo atrás da sua vida!

— Seria uma pena eu perder uma companheira de brincadeira. Mas novamente, no seu nível, você sequer serve para isso. Já que é assim, farei você brincar com minhas condiscípulas júniores daqui para frente.

Dentro do núcleo esférico, Chengshi soltou um berro quando foi informada que não era digna de ser sua inimiga.

— Está tentando quebrar sua promessa!? Serei eu quem irá matá-lo!

Liam riu.

— Bela piada… Você não consegue sequer acabar com as minhas juniores, e ainda quer me derrotar? Apenas brinque com a Rin-ho e Fuuka no futuro. Oh, e deixarei você brincar com a Ellen também em cerca de trinta anos.

Liam tirou sua atenção de Chengshi e começou a dar um sermão em Rin-ho e Fuuka.

— Se importam em explicar por que razão vocês duas estão tendo problemas contra alguém como ela? Estão tentando jogar lama na Escola do Lampejo-Único? Huh?

Frente à ira de Liam, Rin-ho e Fuuka se encolheram de medo.

— E-estamos refletindo, m-mas não foi assim antes…

— … A-a gente ficou poupando ela porque pensamos que ela seria uma boa parceira de prática, e-e olha, a gente ganhou várias vezes… é-é só que fomos pressionadas um pouco hoje.

Liam encarava friamente as duas enquanto elas desesperadamente tentavam inventar desculpas.

— Parece que vocês precisam ser treinadas de novo.

As duas ficaram desalentadas pelas palavras de Liam.

Rin-ho e Fuuka não tinham crescido tanto quanto eu havia previsto.

Como alguém pertencente à mesma escola de espada, é vergonhoso vê-las tendo dificuldades contra a Chengshi.

É por isso que decidi fazê-las passar por um vigoroso treinamento comigo de hoje em diante.

Vendo as duas desabarem de exaustão, começo a meditar e unificar meu espírito.

Minhas duas júniores estão usando camisetas regatas e leggings, e desmaiaram depois de praticar comigo por um tempo

Falei para a Ellen participar no começo também, mas já que ela ainda não está completamente treinada, fiz ela se retirar no meio.

No momento, estou realizando treinamento meditativo sozinho.

— O mestre confiou as garotas a mim, mas com apenas isso de resultado, eu estou com vergonha demais de aparecer na frente dele. Também há o fato de que eu tive dificuldades contra um zé-ninguém.

Esse Zé-ninguém em questão era o tal Senhor dos Demônios.

É vergonhoso eu ter que usar minha espada favorita para derrotar aquele cara.

Eu deveria ter sido capaz de matá-lo com uma espada reserva.

Me sinto frustrado com minha incompetência.

— Como posso atingir um inimigo que não pode ser cortado?

Havia inimigos que não podiam ser feridos por meios físicos ou mágicos.

Isso apenas significava que eu precisava me treinar para ser capaz de cortá-los.

Mas como?

Tenho muita certeza de que poderei fazer algo a respeito disso se continuar treinando rigorosamente, mas isso levará tempo demais.

Digo a mim mesmo para continuar concentrado e não perder o foco.

Estou meditando para descobrir um método de cortar algo que não pode ser cortado.

Concessões não são uma opção quando se trata de esgrima.

Um senhor maligno deve ser capaz de se colocar acima do resto e olhá-los de cima com arrogância.

Eu preciso ser sério e elaborar uma contramedida.

Após Liam libertá-las de seu treinamento, Rin-ho e Fuuka tiveram de usar suas espadas de madeira como muletas para que pudessem caminhar.

Elas ainda não tinham provado esse tipo de treinamento desde seus dias com Yasushi.

Rin-ho parecia estar prestes a chorar.

— O irmão sênior é um diabo.

Era o mesmo com Fuuka.

Seus corpos berravam de dor e tremiam incontrolavelmente.

— Deveríamos ter matado ela quando tivemos a chance. O irmão sênior mencionou que iremos treinar por um tempo, então ficaremos presas com isso futuramente.

Ambas eram membras licenciadas da Escola do Lampejo-Único, mas o regime de treinamento do Liam era o bastante para fazê-las ficarem de olhos marejados.

Elas não seriam capazes de escapar desse treinamento infernal até o Liam decidir retornar para a capital.

Como tinham ficado aquém da Chengshi, Liam as tinha forçado a participar em mais treinamentos.

As duas garotas se sentaram em um banco próximo.

— Espero que o irmão sênior retorne logo para a capital.

— Também. Ele ainda não está treinando para ser um aristocrata? Mas por que é que ele voltou, afinal?

A resposta para essa questão; lidar com os arrivistas que tinham querido tirar vantagem da ausência de Liam.

O território da Família Banfield estava passando por uma agitação enquanto os traidores eram impiedosamente reprimidos.

Oficiais civis e oficiais militares estavam sendo executados diariamente, e suas famílias estavam sendo banidas do território.

Rin-ho pegou seu terminal e conferiu as notícias.

— Eh?

— Q-qual o problema?

Vendo Rin-ho curiosamente lendo as notícias, Fuuka perguntou com seu corpo ainda dolorido.

Parecia que a Família Banfield não era o único lugar passando por uma agitação.

—Na Capital—

— Foram aniquilados?

Dentro do palácio, Calvin estava escutando os relatórios de seus subordinados.

Seus olhos se arregalaram quando ouviu o conteúdo do relatório.

O aristocrata dando o relatório também parecia não conseguir acreditar no que estava lendo.

— De fato. Todos os agentes que enviamos ao território dos Banfield desapareceram. E também, muitos dos aristocratas que correram para lá foram mortos. O número exato não está claro, mas não muitos sobreviveram.

Quando Calvin soube que Liam havia desaparecido via magia de invocação, ele tinha manipulado algumas pessoas imprudentes para que causassem caos dentro do território do Liam.

Calvin tinha vazado a informação para eles de propósito e assistido enquanto eles celebravam animados.

É claro, ele também tinha os lembrado de não tocar nas pessoas de sua facção.

— Ele realmente conseguiu. Quanta ousadia dele em fazer isso em um ponto tão crítico.

— Vossa Alteza?

Calvin se conteve de suspirar e explicou o que estava acontecendo para o homem sem compreensão que estava dando o relatório.

— Já que a facção do Cleo cresceu tão rápido, ele decidiu peneirar os membros da facção. Se tivesse falhado, o território da Família Banfield teria ficado em profundos problemas. Porém, ele foi capaz de se livrar dos tolos que morderam a isca e os expulsou da Facção do Cleo. Como prevemos, era uma armadilha.

— É-é mesmo? Então nós basicamente…

— Sim, entramos diretamente na armadilha dele. O lado bom é que nossas forças não participaram diretamente nisso, então fomos capazes de conservar nossas forças. Apenas os tolos e o Liam-kun sofreram com isso, então não é um resultado ruim.

O que Calvin havia dito era uma mentira.

Se ele tivesse dado o seu máximo e atacado, teria deixado uma cicatriz enorme no território do Liam.

(Eu estava sendo paranoico demais e perdi a chance.)

Além disso, eles tinham perdido todos os seus agentes, significando que não seriam capazes de coletar informações tão facilmente no futuro.

(Mas poderia ter sido pior.)

Pelo menos o dano que tinham recebido era mínimo.

Calvin prosseguiu a perguntar sobre os tolos que tinham invadido o território do Liam.

— O que aconteceu com os tolos que atacaram o território do Liam? Foram todos realmente mortos? Ele não poderia tê-los capturado para usar como moedas de barganha.

Capturas para propósito de resgate, entre aristocratas, essa era considerada uma maneira esperta de se resolver as coisas.

— … Eles foram rotulados como piratas espaciais e impiedosamente mortos.

Porém, Liam era diferente dos outros.

— Todos? Isso foi bem extremo dele. Muitas pessoas irão ressenti-lo.

Embora Liam fosse a vítima nesse caso, as pessoas o ressentiriam por suas medidas extremas.

As famílias que tiveram seus líderes e oficiais executados certamente terão contas a acertar com o Liam.

Não é ruim para o Calvin já que certamente eles puxariam a perna do Liam.

— Podemos fazer uso deles. Apoie aquelas famílias daqui para frente e…

— Vossa Alteza, há outra coisa importante que desejo reportar.

A pessoa falando tinha um olhar amargo em seu rosto.

— O quê?

— É isso. As casas dos aristocratas que Liam matou declararam que se juntariam à nossa facção. Eles querem a queda de Liam.

— O-o quê!?

— Os aristocratas que odeiam o Liam formaram um grupo, mas não tinham um líder claro, então declararam que se juntariam à nossa facção.

— Que comportamento egoísta.

Calvin ferveu de raiva ao ser informado do comportamento egoísta deles.

Essas casas aristocratas tinham enviado pessoas para agirem como piratas, mas já que foram mandados de volta surrados, decidiram mudar sua lealdade para o Calvin por vingança.

Mesmo se pessoas assim decidissem se juntar à sua facção, elas apenas ficariam em seu caminho.

Como resultado, um enorme número de indesejáveis deixou a facção do Liam, e declararam que se juntariam à Facção do Calvin.

(Ou o Liam-kun está sendo abençoado pela Deusa da Sorte, ou eu estou sendo amaldiçoado pelo Deus do Azar… Mas que oponente complicado que ele é.)

Como as coisas já tinham progredido até esse ponto, Calvin decidiu fazer algo que pudesse pelo menos minimizar sua preocupação com o futuro.

— Faça uma lista dos nomes dos aristocratas que declararam que se juntariam a nós. Não podemos nos dar ao luxo de deixar que eles nos atrasem.

Ele fez a pessoa que tinha dado o relatório se retirar.

Então ele se preparou, sabendo que ficaria ocupado organizando sua facção novamente.

Assim, as mãos e pés de Calvin ficaram amarrados em um momento crítico.


Brotinho-chan (゜∀゜): — Muitas pessoas parecem tristes por eu não estar aparecendo nos posfácios! Já que é assim, farei propaganda sem me segurar! O 4º Volume em mangá de “O Mundo de Jogos Otome é Duro para Mobs” será lançado no começo de agosto!

Brian (ω・`): — Dois em um é demais. Tudo depende de como se diz.


Tradução: Batata Yacon   |   Revisão: Delongas


Ei, se estiverem gostando do projeto e desejarem ajudar um pouco, vocês podem fazer isso acessando o link abaixo, solucionando o Captcha e aguardando dez segundos para ir à nossa página de agradecimentos.

Podem acessar por aqui.

Ou Aqui.


AnteriorPróximo

4 ideias sobre “LoMa – Volume 7 – Capítulo 11

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s