LoMa – Volume 6 – Capítulo 12

AnteriorPróximo


Escrito por Mishima Yomu/Wai (三嶋 与夢)
Traduzido da versão Inglês do Eternia em  Rain of Snow


Inquérito

 

— Mestre, perdoe-me.

Amagi se resignou ao seu destino de ser destruída. 

Precisamente naquele momento, o enfeite no vestido de Amagi brilhou e gerou um escudo em sua volta.

Porém, o Guia não entrou em pânico.

— Fuahahaha! Eu sei que essas coisas são descartáveis! Desde que eu continue a atacar… continue a…?

Não importava quantos tiros fossem disparados, o escudo na frente de Amagi não vacilaria.

Na verdade, a pistola que o Guia havia trazido exauriu sua energia primeiro.

Click. Click.

O único som que permaneceu foi o do gatilho sendo puxado.

Amagi olhou para o Guia.

— … Pensei que você fosse me destruir?

Ela parecia um pouco espantada. 

Sua reação era compreensível.

O Guia tinha declarado que a destruiria, ainda assim a pistola que trouxe não conseguiu sequer penetrar seu escudo.

Ela tinha pensado que o intruso viera com ampla preparação, mas esse não parecia ser o caso.

Era grosseiro demais.

— P-pare de me olhar com esses olhos!

O Guia jogou a pistola fora e recuou como se estivesse fugindo.

— Maldição! Eu não absorvi energias negativas o bastante! Irei reunir mais antes de jogar tudo no Liam! Já estou farto desses truques. Vou dar tudo o que tenho para matar o Liam!

Percebendo que podia se mover de novo após o Guia partir, Amagi sacudiu sua cabeça.

— No fim das contas, que tipo de existência era aquela?

Por acaso ela havia acabado de se deparar com uma existência absurda?

Além do mais, aquele ser não parava de soltar o nome de Liam.

Amagi sentiu-se ansiosa.

— … Como imaginei, há um segredo em volta do Mestre?

De tempos em tempos, ela sentia que se deparavam com ocorrências inexplicáveis.

Se uma existência dessas estava por trás delas…

Ainda havia algumas coisas que não faziam sentido, mas Amagi estava preocupada com o Liam.

— O Mestre realmente é tão sortudo quanto diz ser?

Amagi sentiu-se inquieta com o Liam estar sendo alvejado por um ser desses.

— É um pouco cedo, mas pode ser em nosso melhor interesse agir antecipadamente.

A existência que atendia por Guia a fez chegar a uma certa decisão.

Liam havia fatiado uma nave de guerra.

Era uma noção tão absurda que muito poucos acreditariam na história.

Porém, era algo que tinha acontecido acima da capital.

Havia muitas testemunhas oculares, então havia credibilidade na história sendo espalhada.

Menções de suas façanhas não tinham se espalhado apenas dentro da capital, mas para todo o Império.

Todos não tiveram escolha senão reconhecer que o poder da Escola do Lampejo-Único era real.

Dentro de sua sala, Calvin se sentava com seus cotovelos na mesa e suas mãos agarradas na frente de sua boca.

— Em pensar que eles causariam um alvoroço colocando um couraçado sobre a capital. Que coisa realmente tola que fizeram.

Isso foi graças a alguns aristocratas saindo de controle.

Foi um grande erro de sua parte.

Calvin nunca esperou que eles fossem fazer algo tão estúpido assim

Ele havia subestimado o grau de estupidez deles. 

Embora tenham ido embora, eles tinham sido membros da facção do Calvin.

Logo antes disso Calvin tinha sido marcado como um covarde que jogou a responsabilidade para seu irmão mais novo a fim de evitar participar na guerra interestelar.  

Agora, ele também era conhecido como um tolo que havia falhado em assassinar Liam.

O olhar de Calvin estava na caixa sobre sua mesa.

A caixa estava preenchida com os núcleos dos Ninjas… núcleos quebrados que significavam a morte daqueles que abandonaram seus corpos mortais em troca de corpos capazes de tomar qualquer forma.

Ele tinha descoberto a caixa em sua mesa quando acordou de manhã.

— Ele está me avisando que pode me matar quando quiser?

Calvin tinha subestimado o poder das forças especiais de Liam.

Graças aos atos tolos dos aristocratas sob sua responsabilidade, Calvin tinha sido encurralado.

— Eu estava sob a impressão de que nós estávamos encurralando ele. Parece que eram realmente nós que estávamos sendo encurralados.

“Não posso deixar as coisas terminarem assim”>

Calvin convocou uma reunião com seus aristocratas.

— Há um movimento democrático ocorrendo dentro do território do Liam, e estou pensando em responsabilizá-lo.

Se não podiam competir com ele no campo de batalha, fariam isso na área onde tinham a vantagem.

Calvin decidiu dar um direto na fraqueza de Liam, que era o movimento democrático em seu território.

— O império abomina qualquer coisa associada a movimentos democráticos. O exército será despachado, assolando o território do Liam-kun a nada.

Se isso se tornasse uma realidade, havia pouca dúvida de que Liam perderia muito poder. 

Um inquérito urgente estava sendo realizado no Império por causa daqueles aristocratas retardados que tinham mobilizado uma nave de guerra dentro da capital. 

Quanto a mim, estava sendo chamado para atuar como uma importante testemunha. 

Porém, estou sendo colocado nos holofotes como se eu fosse aquele que cometeu um crime.

— … Nunca esquecerei essa humilhação.

Rangi meus dentes, contendo a raiva ardente crescendo dentro de mim.

Calvin também está presente na audiência.

Não gosto de como ele está fingindo ser calmo e olhando de longe.

Está agindo como se isso não tivesse relação nenhuma com você, mas sei que foi você quem me encurralou nisso.  

Me humilhou e me fez de chacota. 

Definitivamente irei matá-lo com minhas próprias mãos.

Irei me certificar de ter minha vingança contra esse cara que me trouxe aqui e me humilhou.

Você, eu nunca perdoarei.

O Primeiro-Ministro, em uma posição elevada, estava me olhando com pesar enquanto eu expressava minha frustração. 

O modo como estava me olhando é muito desagradável.

— Está na hora de chegarmos a uma conclusão.

Os aristocratas em minha volta estão todos proferindo coisas similares. 

— O Liam-dono é realmente um causador de problemas.

— Deveria ter mais consciência do fato de que é um aristocrata e cumprir seus deveres direito.

— Como um futuro Duque, deveria estar mais ciente de sua posição.

Um homem e mulher parecendo ter uns trinta anos estavam me zombando de cima.

É tudo culpa do Calvin o inquérito estar indo nessa direção.

Ele colocou minha habilidade de governar em questão.

Foram as pessoas dele que invadiram a Capital em um couraçado, mas sou eu quem está sendo colocado nos holofotes.

Os aristocratas a serviço dele estiveram causando um alvoroço e me denunciando no inquérito.

Estão atualmente desviando seus olhares de mim com expressões frias. 

Irei me lembrar de todos vocês. 

Não pensem que irei perdoá-los!

Os aristocratas do meu lado que participaram do inquérito estão me olhando apologeticamente.

O Barão Exner vem para me acalmar. 

— Conde, sinto muito por isso.

Se você pode se desculpar, então me ajude! Ajuda!

Caramba! 

Calvin, você foi o primeiro a ter me encurralado tanto! 

O Primeiro-Ministro bate o martelo como um juiz em julgamento, silenciando todos no salão.

Então, se dirige a mim.

— Pois bem, o Conde…

“Ku…”

Agarro minhas mãos com minha cabeça abaixada. 

Isso não deveria ter acontecido. 

As coisas não deveriam prosseguir assim.

E-eu não deveria ter subestimado tanto o Calvin.

Irei admitir minha derrota por hoje.

Mas marque minhas palavras, pois será apenas por hoje.

Quando o inquérito terminou, os aristocratas calvinistas se reuniram agarrando suas cabeças.

Para pressionar Liam, eles fizeram uma algazarra no inquérito, questionando a habilidade dele de governar seu território.

Até atrapalharam o andar do inquérito clamando que não permitiriam que o inquérito continuasse a menos que o problema fosse resolvido.

Um movimento de democratização está ocorrendo no território do Liam.

As pessoas estão criticando as políticas do Império.

Eles trouxeram questões que eram sensíveis no Império para poder “linchar” Liam. 

— … Alguém se importa em explicar?

Eles se reuniram em um local perto do saguão onde o inquérito estava sendo realizado.

Dentro de uma sala de repouso, Calvin olhava em volta a cada um de seus membros de facção.

Sob seu olhar intenso, todos desviaram os olhos.

Vendo isso, Calvin riu animadamente.

— O Primeiro-Ministro me chamou enquanto estávamos saindo, e me disse que deveríamos parar de nos fazermos de tolos.

Ele estava rindo, mas isso não era feito de alegria. 

Um dos aristocratas deu uma desculpa bem esfarrapada. 

— Vossa Alteza, o agente que foi enviado ao território do Liam foi alguém que servia ao Visconde que liderou os secessionistas. Os dados que recebemos daquele agente certamente diziam que havia um movimento democrático em andamento.

— Por acaso isso parece uma manifestação de democratização para você?

Durante o inquérito, eles tinham apresentado a gravação como evidência para o movimento de democratização no território de Liam.

Dentro do vídeo, a população do Liam segurava placas.

— Cumpra seu dever como aristocrata!

— Valorize a Madame Rosetta, e por favor, não se esqueça da Eulísia-san!

— Exato, não se esqueça de mim!!

No fim da gravação, Eulísia tinha se juntado ao lado dos manifestantes. 

Deveria ser uma manifestação de democratização, mas havia acabado como uma manifestação de fazer filhos. 

Calvin cobriu seu rosto com suas mãos e riu. 

— O que vocês acham que vai acontecer com a minha reputação agora que questionei sinceramente a habilidade do Liam-kun governar?

Os apoiadores do Calvin fitaram o nada como se quisessem escapar da realidade.

Eles nunca imaginaram que o conteúdo das gravações seria assim.

— Por que ninguém conferiu o conteúdo?

Eles simplesmente assumiram que tinham a evidência necessária.

Foi um erro humano.

Recordaram como a atmosfera tensa tinha relaxado quando a evidência foi apresentada.

Eles tinham esperado que o Liam receberia uma advertência ou até uma punição dos agitados aristocratas do comitê de inquérito por seu comportamento antagônico que incitou algumas pessoas a enviar uma nave de guerra para a capital.

Porém, quando viram o quão mortificado Liam estava com a manifestação, as palavras deles viraram algo nas linhas de “Não se esqueça de seu dever como aristocrata”, “O Conde ainda é inexperiente”, e “… Tenha mais cuidado no futuro”.

Era como se estivessem falando com seu netinho favorito.

Eles provocaram ele com simpatia, e os malfeitos do Liam foram tratados como águas passadas.

Ele tinha sido praticamente perdoado após falarem para ele ser discreto por um tempo. 

Por outro lado, a impressão do comitê de inquérito para com o Calvin estava em seu pior estado.

O ato deles de interromperem o andar do inquérito foi visto como uma grande distração.

Do ponto de vista do Calvin, era como se ele tivesse perdido para o Liam apesar de estar em uma posição vantajosa.

Antes que notassem, a fraca Facção do Cleo quase os tinha alcançado. 

— Não podemos mais nos dar ao luxo de manter a pretensa.

Os aristocratas calvinistas se firmaram ao ouvir as palavras de Calvin. 

Um idiota tinha trazido uma nave de guerra para a Capital.

Era como se o mundo estivesse preenchido de idiotas. 

Após ser atacado no salão de festas, a corte me disse para manter a discrição por um tempo.

Era por isso que eu estive elegantemente passando os últimos dias em um hotel.

Por causa da perturbação que ocorreu na festa, eu estava me segurando de dar festas a torto e a direito.

Uma investigação estava sendo realizada por várias semanas, e eu até fui convocado para uma audiência.

Presumidamente estou sob liberdade condicional por alguns meses.

— Agora, eu só tenho que lidar com as farsas que estão fingindo ser discípulas da Escola do Lampejo-Único.

O rumor diz que há duas. 

É esse o preço que se paga por ser famoso?

Se acabarem sendo impostoras, terei que eliminá-las.

Tendo dito isso, o Império é uma nação intergalática. 

Procurar por alguém é mais fácil dito do que feito. 

Não fui capaz de rastrear os passos das duas clamando serem da Escola do Lampejo-Único.

Tia, que esteve abanando seu rabo e preparando chá para mim no meu quarto, fala comigo.

Ela estava de volta da força expedicionária. 

Logo que voltou, ela pediu para ser elogiada, ao qual respondi dizendo: 

“Não está feliz de trabalhar para mim?”

Ela tremeu em resposta e assentiu com sua cabeça entusiasmadamente.

Ela realmente deveria aprender uma coisa ou outra do Kukuri, que é excelente em seu trabalho. 

— Senhor Liam, não precisa lidar também com a manifestação em larga escala?

— … Quando tudo terminar, disciplinarei os manifestantes. Quem eles acham que são para protestar sobre minhas partes inferiores?

É imperdoável o modo como estão ordenando seu senhor a dormir com a Rosetta.

Como se atrevem eles a se intrometerem em meus negócios!

Malditos sejam! 

Quando retornar, irei reprimi-los pra valer.

Meu exército voltou da força expedicionária e está descansando no momento.

Para me fazer parecer mais impressionante e imponente do que realmente sou, preciso cuidar bem das minhas forças militares. 

Às vezes faço eles se matarem de trabalhar, mas se eu exagerar, eles podem me trair.

Assim, deixo eles em paz quando estou descansando. 

O ponto em questão é, não posso agir no momento. 

Irei suprimir a manifestação assim que o exército estiver pronto.

Tia ri quando escuta o que digo.

… Eu sou mau pra caramba, mas ela também é bastante perigosa.

— Bem, é algo bom que um movimento de democratização não está acontecendo no território do Senhor Liam. Se estivesse, teríamos que reprimir os manifestantes seriamente. Do contrário, o exército imperial teria surtido para suprimir o movimento.

— Eu teria preferido isso.

A Facção do Calvin tinha me alvejado durante o inquérito para se recuperarem de suas perdas anteriores.

O inquérito estava sendo realizado para investigá-los, mas fui eu quem acabou levando a bala.

Calvin me fez perceber que não sou páreo para ele quando se trata de batalhas na corte. 

“Um movimento de democratização está acontecendo no território dele!” exclamou ele. 

O império detestava movimentos de democratização, então o centro da atenção das pessoas mudou para isso durante o inquérito.

Porém… quando um investigador imperial foi despachado ao meu território, voltou com as notícias de que a manifestação era sobre a sucessão e não de democratização.

Tem alguma ideia do que é ficar na corte enquanto todos em minha volta discutem o problema do meu sucessor?

A gravação mostrando a imagem da Eulísia participando da manifestação me deixou sem palavras.

Ela cria todo tipo de problemas quando deixada sem supervisão.

Quando essa gravação me foi mostrada… fiquei morto de vergonha. 

Ainda me lembro de como todos olharam para mim. 

Alguns estavam rindo, outros estavam entretidos, e o resto estava com simpatia nos olhos. 

Até o Primeiro-Ministro estava me olhando com olhos tépidos!

Tia sorri como se para sugerir algo.

— Mas isso também encurralou a facção do Calvin. Enquanto estavam encurralados, a Facção do Cleo foi capaz de ficar muito mais forte que antes. Tudo esteve ocorrendo de acordo com o plano do Senhor Liam.

— Minha vitória estava decidida desde o começo. Na realidade, estou espantado com o quão sortudo sou.

Digo isso, mas toda a minha sorte é graças ao Guia.

De uma perspectiva de fora, pode ter parecido que eu estava em maus lençóis, mas na realidade, tudo já estava em posição para a minha vitória.

Como um senhor maligno, minha vida está em modo fácil. 

— Estou ficando cansado de continuar quieto. Já faz um tempo desde que saí para me divertir, então prepare o carro.

— Entendido.

Tia ordena seus subordinados a preparar o carro. 


Brian (´ω;`): — A vida do Senhor Liam na verdade está em modo difícil.


Tradução: Batata Yacon   |   Revisão: Delongas


Ei, se estiverem gostando do projeto e desejarem ajudar um pouco, vocês podem fazer isso acessando o link abaixo, solucionando o Captcha e aguardando dez segundos para ir à nossa página de agradecimentos.

Podem acessar por aqui.

Ou Aqui.


AnteriorPróximo

5 ideias sobre “LoMa – Volume 6 – Capítulo 12

  1. Thiago Morgado

    Rapaz, que aliviada deu no coração que a Amagi se protegeu. Estou feliz do Liam ter encomendado esse vestido para ela.
    Sera que foi a interferência do guia que levou os calvinistas a não olhar para o video?Iria ser engraçado a ajudar dele realmente estar favorecendo o Liam

    Curtido por 1 pessoa

    Resposta

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s