LoMa – Volume 4 – Capítulo 7

AnteriorPróximo


Escrito por Mishima Yomu/Wai (三嶋 与夢)
Traduzido Originalmente ao Inglês por Kuroinfinity


O Crescimento de Rosetta

 
… Recentemente, as forças armadas parecem estar em alvoroço.

O planeta em que a academia se baseava tinha instalações de reeducação e retreinamento, que estiveram em operação total pelos últimos anos.

E não era só aqui também, aparentemente a maioria das instalações do Império estavam em um estado similar também.

Rumores estiveram se espalhando entre os cadetes de que estavam se preparando para alguma grande estratégia ou algo do tipo.

Atualmente, eu era um cadete sênior em meu sexto ano na academia.

Já que ela havia se graduado antes, dei permissão para a Tia usar meus fundos pessoais para formar uma frota de patrulha, mas não podia deixar de me preocupar se isso estava indo bem ou não.

Honestamente, eu realmente não sabia quanto dinheiro eu havia enviado porque havia dígitos demais na minha conta bancária, então eu estava realmente ansioso para ver que tipo de armada seria criada.

Eu realmente não tinha muitas oportunidades de usá-lo, então acabei simplesmente jogando meu dinheiro por capricho já que havia acumulado um bocado.

— … já foi recuperado.

Uma porcentagem das rendas de impostos eram sempre redirecionadas aos meus fundos pessoais, mas eu sempre me sentia tonto quando olhava porque havia tanto.

E já que havia sempre mais capital ganho que usado, eu realmente não dava muito valor para isso.

Recentemente, como um Senhor Maligno, eu não conseguia deixar de pensar que era inútil ruminar por dinheiro e como deveria ser usado.

Enquanto pensava isso, Wallace me chamou descontraidamente.

— Liam, me dá uma mesada.

— Eu não te dei um pouco semana passada?

— Foi gasto quando eu saí com alguns novatos pagando coisas pra eles.

Senti-me zangando ao olhar para Wallace, que estava orgulhosamente se gabando sobre como saiu pra se divertir do lado de fora.

Esse cara quebrou o toque de recolher e saiu pra beber com os juniores.

… com o meu dinheiro!

— Por que eu tenho que preparar fundos pra você fazer farra?

— Porque é meu patrono é clar… e-espera, isso foi só uma piada, por favor, não levanta o punho! P-POR FAVOR, PAAARAAAA!!!

Após dar uma boa paulada no Wallace, ele ficou agarrando sua cabeça com as duas mãos em dor.

— Você não tinha que ser tão violento…

— Ver que você é o único se divertindo me irrita.

— Então deveria se juntar a nós, Liam.

— Se eu pudesse, já teria feito isso!

… Eu queria sair pra me divertir também, mas ainda estava traumatizado depois de saber o que houve com o Peter.

E se eu pegasse a DST que faz genitais masculinos explodirem?

Era só uma doença venérea de um universo de fantasia, mas ainda me assustava seriamente.

Mesmo Senhores Malignos teriam medo de uma doença dessas.

— … Tenho medo dos meus genitais explodirem.

Wallace explodiu em risadas após eu revelar meus verdadeiros sentimentos.

— É por isso que tanto você quanto o Kurt nunca “farrearam” durante nossos dias na escola fundamental? A maioria das DSTs podem ser detectadas de antemão, e as que criam explosões e coisas assim são apenas os piores casos.

— Mas isso significa que ainda é possível!

A propósito, dois cadetes explodiram durante meus seis anos aqui na academia.

Eu deveria ficar aliviado por serem apenas dois, ou com medo por serem dois?

Mas qualquer que seja o caso, havendo sequer a menor possibilidade de ocorrer, só por garantia não vou arriscar minha própria segurança.

Entretanto, eu ainda tinha o desejo de fazer tais coisas como todos os Senhores Malignos devem.

— Você não precisa ir até o final, ainda dá para você se divertir só bebendo com as garotas.

— … Acho que isso é verdade.

Honestamente, eu não achava bares lá muito interessantes, mas desperdiçar dinheiro assim era uma opção tão ruim assim?

Eu estaria fazendo mau uso dos impostos que o povo do meu território suou para gerar para mim.

… na verdade isso soava bom à beça.

Isso era exatamente como um Senhor Maligno deveria ser.

Entretanto, eu seriamente não estava nem um pouco interessado.

Enquanto me preocupava com isso, Wallace me perguntou o que eu estava planejando fazer após me graduar.

— A propósito, onde planeja ir para o seu treinamento após deixar a academia, Liam?

— A capital imperial. Embora aparentemente mesmo alta nobreza como eu precisa fazer biscates por lá.

Se você nascesse como um grande nobre, era apenas natural ir para o lugar mais popular para o seu destino de treinamento.

O mesmo vale para o Wallace, que era parte da família real.

— E eu?

— Você vem comigo, é claro.

— É por aquilo? Você só pegou o lugar porque decidir daria trabalho demais?

— … algo assim.

Após ouvir que ele estaria retornando para a capital imperial, Wallace pareceu estar ansioso por isso.

Foi então que ele me fez lembrar de Kurt, que não estava aqui conosco.

— Vai visitar o Kurt na universidade?

— Talvez durante uma das folgas, ele não estaria ocupado do contrário?

— Não, seria melhor se ligasse para ele assim que possível. Ele estava realmente chorando quando descobriu que se separaria de você, Liam.

Quando Wallace falou isso, relembrei como Kurt tinha estado em lágrimas durante a cerimônia de graduação da escola fundamental.

Mas ele não estava exagerando um pouco?

— Você realmente acha que ele se importa tanto assim?

— Sim, se importa. Kurt provavelmente entraria em depressão se descobrisse que você estava lá, e não entrou em contato com ele. Oh, e parando para pensar, a Rosetta não está na capital imperial também?

Quando o nome da Rosetta surgiu, de repente me senti entrar em pânico internamente.

Eu realmente não sabia como deveria tratá-la.

— Seria melhor se eu ligasse para ela também?

— … com o que você está preocupado? Ela é sua noiva.

Apesar do Wallace dizer isso, não pude deixar de me sentir ansioso quanto à minha futura vida na capital imperial.

◇ ◇ ◇

Enquanto isso, naquela hora.

No palácio da capital imperial, Rosetta estava ensinando as garotas que tinham chegado para os seus aprendizados como sênior.

Ela atualmente estava as educando sobre qual era a mentalidade esperada delas enquanto estivessem lá.

— É proibido assumir atitudes abusivas com suas colegas usando a força da casa de seus pais. Por estarem aqui para serem treinadas como aprendizes, nenhuma misericórdia será mostrada se quebrarem essa regra, não importa quem sejam.

As garotas responderam de forma tensa para Rosetta, cuja atitude havia se tornado muito mais digna em comparação a quando havia chegado lá.

— Sim!

— … uma resposta promissora. Farei o meu melhor para ensiná-las tanto quanto possível.

Para alguém ser confiada com o ensino de outras aprendizes, era necessário ser altamente avaliada no trabalho.

Do contrário, não se poderia receber juniores, e permaneceria-se sempre na posição de receber instruções.

As garotas que costumavam ridicularizar Rosetta agora pareciam estar se arrependendo disso.

Após dispersar as juniores, Cattleya entrou em cena.

Com as crianças frustrantes agora longe, ela elogiou Rosetta:

— Assim que chegou aqui, eu não achei que sobreviveria, mas acho que estava errada.

Quando Cattleya disse isso, Rosetta curvou-se enquanto expressava sua gratidão.

— Tudo isso foi devido à sua orientação, Madame Cattleya.

— Eu posso ter ajudado, mas isso tudo foi devido aos seus esforços. Tenha mais orgulho de si mesma.

Ela trabalhara mais duro que qualquer outra durante seu treinamento, e agora era uma empregada reconhecida por todos em volta.

Em primeiro lugar, Rosetta estava acostumada a trabalhar em ambientes difíceis.

Não havia como seu espírito quebrar com algo desse nível.

Cattleya olhou na direção em que as garotas tinham fugido.

— Agora, eu queria que aquelas garotas seguissem os seus passos.

Embora geralmente se comportassem durante seu aprendizado, suas avaliações não eram muito altas.

Rosetta não comentou.

Vendo isso, Cattleya sorriu.

— … você foi bem. Pelo resto do ano, deixarei a orientação das juniores com você. Mostre a elas como se faz, Rosetta.

— Sim.

— Ah sim, também tenho uma mensagem da minha avó. Parece que o Conde Banfield será designado à capital imperial para o seu treinamento ano que vem.

— O Querido?! Ah, não. Por favor, perdoe-me.

Cattleya deu risadinhas com um sorriso.

— Parece que vocês têm um bom relacionamento. Ouvi que ele passará dois anos aqui, mas nesse período, homens podem ser facilmente enrolados pelos seus arredores para “se divertirem” e fazerem outras coisas ruins. –Rosetta, fique de olho nele.¹

— O Senhor LIam não é ass…

— Homens que nunca fazem isso tendem a acumular estresse. Até mesmo pessoas sérias podem cometer erros, então segure firme as rédeas dele, mas não muito apertado.

Considerando a posição do Liam, não seria estranho ele ter várias concubinas.

Ou melhor, quando se pensa na situação atual da Casa Banfield, na verdade é problemático ele não ter.

Se o Liam morresse, os candidatos para herdeiro dele não seriam sua linhagem direta, mas um de seus parentes… ou talvez até mesmo um de seus antecessores.

Era uma possibilidade que Amagi e Brian queriam evitar a todo custo.

Serena era da mesma opinião, dizendo que a Casa Banfield deveria ser sucedida apenas por descendentes do Liam.

— … entendido.

— Está fazendo uma expressão que diz não estar convencida. Eu entendo seus sentimentos, mas é normal alguém buscar amor após terem cumprido seus deveres.

Muitas filhas nobres perseguiam seus romances após terem criado um herdeiro.

Na verdade, após a mãe e avó do Liam terem seus filhos, tiveram famílias separadamente com seus parceiros favoritos for fora.

Mas Rosetta amava Liam, estórias sobre o que ela poderia fazer após terem um filho eram irrelevantes.

— O Senhor Liam é o único para mim.

— … Estou realmente com bastante inveja por você poder dizer isso com tanta confiança.

Com essas palavras de despedida, Cattleya partiu para voltar ao seu trabalho.

◇ ◇ ◇

Um hotel de luxo na capital imperial.

Ele atualmente estava passando por uma reforma repentina.

Thomas estava observando a construção enquanto o gerente explicava as mudanças ao interior.

— Estamos trabalhando tão rápido quanto podemos, mas não acho que terminaremos a tempo para o ano que vem.

Embora fosse um hotel de luxo histórico na capital imperial, ele havia caído em ruína em anos recentes.

— Desde que sejam apenas as partes que o Senhor Liam não verá que atrasaram, tudo ainda deve ficar bem. Mais importante, como está indo a educação dos empregados?

Na primeira vez que Thomas encontrou esse hotel, ele suspeitou de como uma coisa velha dessas ainda podia estar operante, mas…

— Estamos trazendo de volta nossos antigos empregados, mas ainda não temos pessoal experiente o bastante.

— Apresse-se e reúna alguns então. Após o Senhor Liam se graduar da academia, esta se tornará sua base de operações temporária.

O gerente respondeu com vigor.

— Sim!

Pela sua forte resposta, podia-se sentir facilmente o seu entusiasmo para não perder essa oportunidade.

Esse hotel no entanto, não estava em dificuldades por falta de clientela.

O problema foi que quando eles expulsaram um cliente bêbado e violento alguns anos antes, o homem acabou sendo um aristocrata… e por terem uma posição bastante elevada, acabou colocando pressão no hotel como vingança.

Se alguém fizesse um nobre de inimigo, era apenas natural que seus negócios falissem, não importando o quão popular fosse o hotel.

Mas inversamente, desde que tivessem um aristocrata no lado deles, poderiam facilmente se recuperar.

O gerente checou novamente com Thomas.

— A propósito, para aqueles que serão encarregados do próprio Senhor Liam, está realmente tudo bem selecioná-los pela habilidade? Não é aconselhável ter a aparência usada como critério de seleção?

Se ele tivesse uma certa preferência, fariam tudo em seu poder para encontrar alguém correspondente.

Quando o gerente disse isso, Thomas sacudiu sua cabeça.

— O Senhor Liam sequer põe suas mãos nas servas de sua mansão. Ele é uma pessoa realmente rígida, então ao invés de alguém que combine com seus gostos, ele teria uma melhor avaliação de vocês se colocassem ao lado dele pessoas capazes que podem mostrar resultados.

Para Thomas, Liam era o mais virtuoso dos nobres.

O gerente abaixou sua cabeça.

— … Vi muitos aristocratas diferentes aqui na capital imperial, mas só pelo que ouvi, o Senhor Liam já soa muito melhor que todos eles.

— Ele pode se destacar um pouco por conta de seu modo bruto de falar, mas na realidade é bastante benevolente. Seus inimigos podem não receber misericórdia nenhuma, mas ele é altamente tolerante do contrário. Gerente, qualquer tratamento extra é desnecessário. Desde que realize o seu trabalho adequadamente, o Senhor Liam certamente terá uma boa opinião de você.

O homem endireitou suas costas e levantou seu rosto.

— Entendido.

Preparações estavam sendo realizadas na capital imperial para receber o Liam.

Enquanto Thomas se sentia aliviado com o fato de que fora capaz de assegurar uma residência adequada para Liam, um de seus subordinados correu até ele.

— Presidente!

— Qual o problema?

— M-m-mercadores da capital imperial querem se encontrar convosco, presidente!

— … O quê? Quem exatamente?

Era bastante estranho um mercador da capital imperial querer ver Thomas, alguém que geralmente realizava negócios fora da região.

Normalmente Thomas seria aquele solicitando os encontros.

— Elliot, o presidente da Companhia Clave, e Patrice, uma executiva da Companhia Newlands.

Os olhos de Thomas se arregalaram.

— Os dois são importantes, não são?

A Companhia Clave não era só um grupo de mercadores imperiais.

Eram um dos maiores conglomerados no Império.

E apesar da Companhia Newlands ter sua sede na capital imperial, eram um grupo enorme que fazia negócios por todo o país.

Ambos estavam em um nível completamente diferente em comparação a Companhia Henfrey do Thomas Henfrey.

Para o presidente e executiva de dois dos maiores conglomerados desejarem se encontrar com o dono de um pequeno negócio que apenas tinha alguns negócios pela fronteira era sem precedentes.

O gerente também parecia perturbado por isso.

Ambos eram praticamente celebridades.

— Mas que raios é o objetivo deles?

Por ser impossível ele recusar suas visitas, Thomas imediatamente decidiu se encontrar com eles.


Brian(´ω) “…”

Brian(´ω): — … A Senhorita Rosetta está crescendo, este Brian aqui não poderia estar mais feliz.


Tradução: Batata Yacon   |   Revisão: Delongas


Ei, se estiverem gostando do projeto e desejarem ajudar um pouco, vocês podem fazer isso acessando o link abaixo, solucionando o Captcha e aguardando dez segundos para ir à nossa página de agradecimentos.

Podem acessar por aqui.

Ou Aqui.


AnteriorPróximo


Notas:
1. Verdade seja dita, não tenho ideia da razão dessa risca estar aí, estava no ing, tinha algo parecido no jap também, etc…
Sendo sincero, as coisas seriam muito mais simples se eu desistisse de usar travessões e apenas seguisse a formatação que encontro, mas agora é tarde demais e tenho que me virar.

5 ideias sobre “LoMa – Volume 4 – Capítulo 7

  1. Thiago Morgado

    Sinto que autor esta brincando com os sentimentos da facção “Kurt é uma mulher”T_T
    A parte mais triste de ler sobre a Cattleya é saber o quanto isso era verdade antigamente, e como isso não se limitava apenas a nobreza. É assustador pensar nisso, assustador e triste pensar em quantos casamentos só existiam no papel.

    Curtido por 1 pessoa

    Resposta
  2. Fernando Carrijo

    quando cliquei em “próximo” no capitulo anterior n fui redirecionado para esse e sim para o capitulo 1 do volume 4 n sei se isso é um bug por isso estou avisando aqui

    Curtido por 1 pessoa

    Resposta

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s