LoMa – Volume 2 – Side Story 1

AnteriorPróximo


Escrito por Mishima Yomu/Wai (三嶋 与夢)
Traduzido Originalmente ao Inglês por Kuroinfinity


Certificado pelo Senhor Liam

 

O Senhor que possuía controle completo sobre um planeta na realidade era um rei cujo território abrangia uma galáxia inteira.

Em meu escritório.

Eu olhava para a galáxia que governava através de uma imagem estereoscópica.

Não era uma bela visão?

Ao estender minha mão, eu podia ampliá-la ou reduzi-la e utilizá-la como um mapa.

Usando-a assim, eu realmente me sentia como um governante das estrelas.

Era como se eu possuísse o universo na palma das minhas mãos.

— Tudo nesta galáxia é meu. Agora, o que devo fazer com ela?

A pessoa que respondeu meus murmúrios foi Brian, aquele que havia preparado chá verde e geleias para mim.

— Senhor Liam, é hora do seu lanche das três.

— Você trouxe folhas de chá caras e doces? Eu não terei nada barato.

Comer doces comprados usando o dinheiro de impostos do meu povo era maravilhoso.

E aqueles que custavam uma quantia exorbitante de dinheiro eram os mais deliciosos!

— Até onde este Brian aqui sabe, as folhas de chá usadas são as melhores na região local, e as gelatinas foram especialmente feitas de uma loja com bastante história.

Eram folhas de chá que possuíam um preço extraordinariamente caro.

Enquanto os doces tinham sido encomendadas especialmente para serem feitas pelo dono de uma loja famosa que parecia existir por centenas de anos.

Eu não podia sequer imaginar quanto dinheiro havia custado só para o meu lanche das três.

Quando tentei comer as geleias, pude provar uma doçura refinada se espalhar através da minha boca, enquanto o chá que eu bebia para lavá-la não possuía o mínimo de amargor.

A combinação dos dois era incrível!

— Isso é ótimo! Realmente emana a sensação de viver em luxo!

Brian parecia satisfeito.

— Fico feliz em ouvir isso, Senhor Liam.

Pensei que seria apenas outro conjunto de chá e doces, mas eram melhores do que eu havia pensado.

Vamos adicioná-los à minha rotação de lanches.

— Brian, adicione os doces e chá de hoje para a rotação.

— Oh, está certo disto?

— Tenho o dinheiro para isso! Foi por isso que espremi tanto o meu povo!

Após o aumento de imposto, a renda de tal havia crescido significantemente.

Eu havia deixado tudo mais para a Amagi, então infelizmente, eu não sabia os mínimos detalhes. Mesmo assim, mesmo com o meu povo sofrendo, os doces que eles faziam eram muito bons.

Isso era felicidade de verdade.

Olhando o meu sorriso, Brian me chamou:

— Senhor Liam, então está de acordo em tratar ambos como reconhecidos por você?

Como eles se sentiriam sobre receber a aprovação de seu Senhor Maligno?

Na realidade, todos que a possuíssem indubitavelmente teriam sentimentos de conflito surgindo dentro de si.

Eles não ficariam felizes com o reconhecimento, mas será impossível se oporem à mim, o governante desta galáxia.

Se fosse por isso, eu admitiria alegremente.

Vamos dar-lhes minha aprovação, que ficou notória com o aumento de impostos.

Se eu fosse um plebeu, definitivamente não usaria a loja certificada por um déspota.

— É claro, darei a eles um certificado oficial em meu nome! Eles agora são certificados pelo Senhor Liam!

— Entendido, farei os arranjos imediatamente.

— Garanta que eles o exibam em um lugar onde todos podem ver.

— É claro.

O que aconteceria quando colocassem a certificação à mostra? Os clientes que tinham rancor contra mim iriam embora, e então a loja seria forçada a depender de mim para sobreviver.

Nesse caso, então mal posso esperar para ver que tipo de expressões eles farão.

Irei arruinar suas vidas e farei com que sintam que acabei de lhes dar uma ordem de execução.

— Eu mal posso esperar!

O chá e doces de hoje também estavam ótimos!

◇ ◇ ◇

Havia uma confeitaria há muito estabelecida, existindo por mais de seiscentos anos.

A loja havia sido aberta durante a época do bisavô de Liam, Alistair, e esteve funcionando desde então.

O lojista aposentado tinha estado em um estado tenso desde a manhã.

Ele já havia passado a loja para o seu filho, que agora estava visitando a mansão de Liam.

O tenso predecessor esteve cumprimentando clientes constrangidamente o dia todo.

Sua nora o chamou:

— Pai, por que não espera por ele do lado de dentro?¹

— N-não, não consigo relaxar dentro da casa.

Ele estava tão nervoso que sua garganta estava seca.

Foi então que seu filho de repente apareceu correndo para a loja.

Em suas mãos havia um certificado emoldurado.

— Pai, eu consegui! Eu recebi um certificado do Senhor Liam!

O filho ergueu o certificado que segurava bem alto.

— O quê!?

— Fui informado que devo regularmente fazer entregas à propriedade de agora em diante! Sempre que o Senhor Liam desejar, eles querem que eu vá pessoalmente para a mansão para fazer doces para ele!

O predecessor se levantou de sua cadeira enquanto tremia.

— V-você, muito bem feito!

Pai e filho começaram a se abraçar.

A esposa do filho imediatamente entrou na loja e trouxe um cartaz.

Após operar algo em seu terminal, o conteúdo do cartaz mudou.

— Certificado pelo Senhor Liam!

Vendo essas palavras, todos caminhando pelo distrito comercial pararam.

— Então aquela loja se tornou fornecedora do próprio Senhor Liam?

— As coisas que eles fazem são boas assim. Os donos atuais também são bons.

— Nunca provei nada deles antes, será que devo tentar agora?

Clientes começaram a se reunir na loja um após o outro, e todos os produtos em estoque rapidamente foram vendidos.

No território, não havia nome mais confiável que o de Liam.

No momento em que algo se tornava certificado com o uso de tal nome, esse mesmo produto começaria a vender sem parar.

As donas de casa que deixaram a loja batiam papo enquanto olhavam as coisas em seus terminais.

— Oh, aquela loja de chá ali também é certificada.

— Posso encomendar alguns de seus produtos online?

— Parece que não, chegamos tarde demais. Precisaremos fazer reservas primeiro.

A informação se espalhou rapidamente, e todos os itens que podiam ser comprados por encomenda foram esgotados.

Na loja, o predecessor sorria enquanto empacotava os produtos em bolsas enquanto conversava com os clientes.

— Acho que o predecessor pode finalmente relaxar.

— Não preciso me preocupar porque meu filho é melhor nisso que eu.

Olhando para ele, não se pensaria que ele era o mesmo homem que esteve tenso o dia todo.

Uma chamada repentinamente chegou para a loja.

Foi a esposa quem respondeu:

— Sim?

— Olá, esta é a Companhia Henfr…

Uma encomenda em atacado fora feita pela Companhia Henfrey.

◇ ◇ ◇

Espaçoporto da Casa Banfield.

O quartel general da companhia Henfrey se localizava lá.

A companhia Henfrey, que era publicamente conhecida como um dos fornecedores de Liam.

Thomas, o chefe de tal companhia, atualmente estava provando o chá certificado pelo Senhor Liam e geleias com os outros executivos.

As opiniões dos executivos eram…

— Podemos vender esses nos territórios fora do domínio da Casa Banfield?

— Eles vão vender, mas devemos levá-los para os mais desenvolvidos.

— Se estivermos falando sobre lugares onde o nome do Senhor Liam é conhecido, então que tal o território Exner?

Onde eles podiam vender?

Era isso o que todos eles estavam discutindo.

Lia, O Caçador de Piratas.

No momento que alguém se tornava fornecedor dele, o dito produto se tornava uma coisa segura e confiável de se investir.

Tornava-se imediatamente um produto que podia ser vendido.

Thomas terminou sua porção e falou:

— Nada mal. A combinação entre os dois também é boa. Vamos colocá-los juntos como um conjunto e tentar vendê-los assim.

Havia muitos planetas onde pessoas vivam dentro desse universo.

Alguns deles gostariam do produto, mas o oposto também era válido.

— Há muitos produtos que podemos exportar do território Banfield afinal.

Thomas estava feliz.

Quanto mais ele possuísse acesso a produtos especializados, isso significaria que ele também teria mais itens únicos para vender.

Um dos executivos falou:

— Nos anos recentes, parece que alguns outros vendedores têm nos pressionado.

Thomas estava perturbado por isso.

O Senhor Liam não possuía tolerância absolutamente nenhuma para piratas, o que significava que era um Senhor muito bom para mercadores que viajavam pelo cosmo.

Havia muitas casas mercantes que almejavam a posição deles como mercadores exclusivos do Liam.

— … se tiverem quaisquer problemas com nossos negócios, diga a eles para que levem ao Senhor Liam. Eu não quero lidar com incômodos como eles.

◇ ◇ ◇

Meu escritório.

Eu estava irritado.

Amagi havia trazido um copo de chá e um prato de doces.

— Mestre, você está bem?

Vários meses antes, os ditos chá e doces ainda estavam tão deliciosos como sempre.

Mas o problema não era esse.

— É, tenho certeza que dei minha certificação ao chá e doces, mas como é que está esgotado em todo lugar no site de encomendas?

Amagi me respondeu rapidamente:

— Já há uma lista de espera se estendendo por vários anos. Espero que levará pelo menos três anos para a situação melhorar.

A loja podia ser renovada, seus campos podiam ser expandidos, mais pessoas podiam ser contratadas e assim por diante.

Mas por que é que estava vendendo tão bem?

Até o Thomas veio e me disse: “O Conjunto de chá e doces estão sendo muito bem recebidos.”

Mas isso não era estranho?

— Por favor, fique tranquilo. A porção do Mestre é firmemente garantida. Uma porção fixa está sempre sendo entregue para a mansão.

— Não, não é disso que estou falando, Amagi!

— Perdão?

— Por que é que estão sendo vendidos mesmo com meu selo de aprovação? Digo, desde que aumentei os impostos e tentei regular aquele penteado estranho, eles não deveriam odiar tudo com a minha certificação?!

Amagi ponderou isso por um momento antes de responder:

— … as pessoas realmente vão considerar um produto como ruim se você o der boas notas durante sua avaliação?

— Ah…

Para ser honesto, eu estava realmente surpreso com o quão normal a resposta foi.

Era definitivamente um bom produto.

Não seria estranho se vendesse bem.

Em primeiro lugar, na primeira vez que provei, já não era um produto popular no meu território? Mesmo se eu desse meu selo de aprovação, não iria simplesmente passar a sensação de, “Hmm, por que logo agora?”

…… Eu cometi um erro. Falhei completamente em calcular os resultados.


 

Brian(´ω;`) : — Isso dói. Este Brian aqui recomendou seus favoritos para o Senhor Liam, mas agora não consigo nenhum para mim. É doloroso que este Brian não pode sequer comprar mais seus produtos favoritos…

Brotinho (;゜Д): — Esse era seu conjunto favorito de chá e doces?

Brian (*´ω*): — E também —— o título da série mudou. Antes era “Já que reencarnei em um Universo onde existe um Império Intergalático, Serei um Senhor Maligno!”, mas agora é “Eu Sou o Senhor Maligno de um Império Intergalático!”. Estamos começando uma nova fase.

Brotinho ( ゜∀゜): — Então, “O mundo de Jogos Otome é Duro para Mobs” também deveria mudar seu título e começar uma nova fase também. Vamos mudar para “A Adorável Brotinho e seus Grandes Amigos……”

( ;y=( д)・∵. Esconjurar 「Ufuhoi」!

BrianΣ(´Д ): — O-o quê?!

( “…”

○ : — O mal foi destruído.

): — Por favor continuem a apoiar “O Mundo de Jogos Otome é Duro para Mobs” ~♪

ω・`): — N-não, hmm… Essa obra é “Eu sou o Senhor Maligno de um Império Intergalático!…

( ;y= — Você dizia?

Brian (´ω;`): — Deixa pra lá! (É doloroso. Primeiro uma planta estranha apareceu de repente, então um ser de um olho só logo depois… É doloroso.)

 


 

Tradução: Batata Yacon   |   Revisão: Delongas


Ei, se estiverem gostando do projeto e desejarem ajudar um pouco, vocês podem fazer isso acessando o link abaixo, solucionando o Captcha e aguardando dez segundos para ir à nossa página de agradecimentos.

Podem acessar por aqui.


AnteriorPróximo


Notas:

A Brotinho nos pós-créditos é personagem de “Otomege Sekai wa Mob ni Kibishii Sekai desu”, outra obra do autor e também muito boa, realmente amo a obra, mas não pego porque como alguns devem saber, eu não pego versões comerciais dos projetos que traduzo.

Sem contar que ela foi recentemente licenciada para o inglês sob o título “Trapped in a Dating Sim: The World of Otome Games is Tough for Mobs”, e com a popularidade que a obra tem, é bem capaz de ter anime em breve e de vir para cá oficialmente também.

A versão WN de Otomege já está completa, mas infelizmente para vós, meu conhecimento da língua japonesa se resume a contar de 1 a 100, e gravei meus primeiros verbos só recentemente.

Mesmo assim fiquem de olho caso encontrem a obra à venda em algum momento, eu garanto a qualidade.

ps: Sei também que tem a versão mangá sendo traduzida para br, mas não sei como está a qualidade das traduções e da última vez que chequei ainda estava no cap.8, e a obra mostra o que realmente tem a oferecer, além de ser a parte que mais prende, por volta do cap.9 a 11. Então recomendo esperar um pouco.

6 ideias sobre “LoMa – Volume 2 – Side Story 1

    1. Batata Yacon Autor do post

      Está sendo lançada ainda. Primeiro projeto que pego ainda em lançamento, na verdade.
      Pelo li, ele costuma lançar lançar um arco, dar uma pausa, e lançar outro.
      .
      Ouvi que ele escreve essa por diversão e pra relaxar, o que dá pra notar com a comédia. Então imagino ele deve escrever cada arco conforme termina os volumes das versões LN de Sevens/Setes e Otomege/Mobuseka.

      Curtido por 1 pessoa

      Resposta
      1. Gabriel Pesce

        Entendi então e uma obra com a frequência indefinida infelizmente. Obrigado por traduzi-la e muito boa e tira umas risadas todo capitulo.

        Curtir

        Resposta

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s