LoMa – Volume 2 – Capítulo 8

AnteriorPróximo


Escrito por Mishima Yomu/Wai (三嶋 与夢)
Traduzido Originalmente ao Inglês por Kuroinfinity


Preparações

 

O guia estava extasiado.

— Peter, você é maravilhoso.

Dito isso, a Casa Peetak criada por seus pais eram muito mais úteis que o próprio.

Mesmo o guia não tendo feito nada, não importava o que acontecesse desde que servisse ao fim de machucar o Liam.

— Agora os piratas, a Casa Peetak, e a Casa Razel estão todos trabalhando juntos para derrotar o Liam! Isso é ótimo!

Enquanto assistia a situação, ele decidiu que esse era o momento mais oportuno para usar o seu poder.

O espaço na frente de seus olhos se distorceu enquanto ele estendia sua mão.

Então, o poder do guia irrompeu para interferir com a situação.

— Eu definitivamente farei o Liam infeliz desta vez.

Entretanto, o poder do guia havia sido enormemente enfraquecido, então ele não podia interferir demais.

Em seu estado atual, ele podia apenas realizar uma pequena travessura no máximo.

Mesmo assim, ele estava feliz em saber que ainda poderia despir Liam da vida que desejava.

— Eu recuperarei meu poder, e dessa vez, será você sentindo a dor, Liam! Huhahahahaha!

A luz branca que observava o guia risonho desapareceu de novo.

◇ ◇ ◇

Bem, o período de treinamento havia chegado ao fim.

Mesmo isso sendo chamado de treinamento, a maior parte era a realização de bicos para a casa viscondada.

Apesar de eu não ter recebido nenhum tratamento preferencial, foi divertido.

Tendo dito isso, eu ainda estava assustado pela vulgaridade das políticas que a extremamente séria Casa Razel havia implementado.

Eu queria brincar mais, mas não havia muitos lugares por aqui onde eu pudesse fazer isso em segurança.

Após retornar ao meu território, eu jurei que investiria mais nessa empreitada.

— Andem logo! Muitos convidados importantes virão para esta festa.

Enquanto eu ajudava a preparar o salão da festa, conversava com o Kurt enquanto movia minhas mãos.

— Ele parece realmente empolgado com isso.

— Aparentemente, haverá uma abundância de visitantes desta vez. Já que Peter da Casa Peetak estava aqui; um sortimento de militares, representantes dos arsenais, e chefes de várias casas mercantes estarão vindo.

Quando tive minha cerimônia de maturidade, pensei que minhas pessoas tinham se reunido para ela.

Mas parece que para verdadeiros nobres que tinham mais poder e história, muito mais pessoas naturalmente se reuniriam em volta deles na esperança de estabelecer uma conexão.

Eu estava com inveja.

Algum dia, eu quero ser capaz de realizar festas assim todo dia, enquanto me banqueteio nas delicadezas da vida.

— Mesmo se eles nos falaram para prepararmos o local da festa, a este ponto, eles não estão basicamente renovando o lugar?

— Isso é apenas prova do quão importante isso é para eles.

O piso do local fora removido e substituído, enquanto uma fonte tinha sido preparada em seu centro.

O noivado de Peter e Katerina também seria anunciado nesta festa, então eles tinham decidido que quase tudo deveria ser refeito o modernizado.

Havia artesãos aqui, mas nós também tínhamos que ajudar.

Primeiramente, o local era inimaginavelmente vasto.

Quantas pessoas exatamente eram esperadas?

Enquanto eu ponderava isso, não pude deixar de notar a arena também preparada aqui.

— É aí que as lutas serão realizadas?

— Acredito que sim. Não vai se juntar, Liam?

— Bem, as partidas são armadas, mas não posso realmente me permitir derrota como o único possuidor da licença do Lampejo-Único por aqui. Então provavelmente não.

Esse era apenas um pequeno evento para demonstrar os resultados do nosso treinamento de qualquer modo.

Parece que Kurt iria participar e perder em uma posição apropriada.

As coisas pareciam duras para ele.

— Estranhamente, acho que posso acabar sentindo falta daqui.

Kurt parecia um pouco triste.

— Não fique triste. Logo teremos que ir para a escola fundamental, então ainda temos muitas coisas para nos manter ocupados de agora em diante.

— Acho que é verdade.

Enquanto Kurt respondia com um sorriso torto, o Cavaleiro instrutor encarregado da supervisão de campo o chamou.

— Kurt, há uma chamada da sua casa!

— Certo, estou indo!

Kurt então foi saiu do salão.

Enquanto eu continuava a trabalhar sozinho, captei um vislumbre de um animal tecendo seu caminho através das mesas e cadeiras.

…… Se parecia com um cachorro.

— Está perdido? Precisa de ajuda para sair?

Enquanto eu tentava me aproximar dele, o animal canídeo de repente fugiu para os fundos do local.

Antes que eu notasse, tinha perseguido ele todo o caminho aos corredores que levavam até a saída.

— Huh? Para onde ele foi? Isso significa que está tudo bem se eu apenas deixá-lo sozinho?

Não haveria problemas desde que ele deixasse o local.

Mas enquanto eu me virava para sair, ouvi a voz do Kurt.

— … você não pode vir porque os piratas têm estado mais ativos recentemente? Sim, eu entendo… tudo bem.

A pessoa com quem ele falava provavelmente era um membro da família.

Escutando, aparentemente piratas pareciam ter entrado em seu território, então eles não seriam capazes de pegá-lo por um tempo.

Kurt tinha uma expressão preocupada em seu rosto.

Quando a chamada terminou, não pude deixar de me sentir embaraçado quando ele me notou.

— Estava escutando?

— Desculpa. Eu estava ocupado perseguindo um cachorro quando te ouvi.

— Está tudo bem. É só que minha família parece estar passando por alguns tempos difíceis no momento, então não serei capaz de retornar por um tempo. Terei que perguntar ao visconde se há problemas em eu ficar aqui um pouco mais.

Parecia que a condição da casa de sua família estava lhe deixando ansioso.

Bem, acho que posso fazer um favor por ele aqui como um Senhor Maligno amigo.

— Se te incomoda tanto assim, eu posso te levar de volta para casa.

— Sério?! Não, melhor não. Tem piratas…

— Kurt, piratas são apenas carteiras ambulantes para mim.

— Huh?

— Depois de limpar tudo, eu pego setenta por cento dos espólios, e sua casa pode pegar os trinta restantes.

— N-não, isso não é algo tão fácil de se decidir! Geralmente, isso é algo que você consulta com os vassalos do seu território primeiro e…

— Está tudo bem, eu tenho poder absoluto dentro do meu território. Eles atenderão tudo o que eu disser desde que eu dê a ordem. Lembre-se, este é um dos benefícios de ser um Senhor Maligno. Mesmo algo que é branco é preto desde que eu diga que é. Então se eu ordenar que se preparem para a batalha, de modo algum eles recusarão.

Kurt continuou a me olhar enquanto atônito.

Que inocente.

Bem, acho que preciso fazer a chamada para a Amagi agora, huh?

◇ ◇ ◇

A mansão Banfield.

Dentro de seu escritório, Amagi conversava com Liam.

A imagem flutuante de Liam era uma bela visão para olhos cansados.

— … despachar uma frota? É possível, mas não acredito que seja apropriado enviar uma para o território do visconde.

— Na realidade preciso delas para ajudar a enviar um amigo de volta para casa. Eu terei outra caça a piratas.

— Oh, entendo. Então está fazendo isso para ajudar o seu amigo?

— Por ele ser um Senhor Maligno amigo, eu preciso valorizar nossa relação.

— Fico feliz por você.

Amagi fez uma expressão gentil enquanto pensava sobre como Liam provavelmente estava mais uma vez entendendo algo de modo errado.

— Então, qual o tamanho da frota que precisa?

— Quantas podemos enviar?

Recentemente, o território Banfield tinha sido atacado pela armada dos piratas de Goaz.

Por causa disso, tinham investido bastante na expansão de sua frota.

— Posso preparar cerca de doze mil naves.

— É bom o bastante. Oh, e certifique-se de trazer o meu Ávido também.

Ávido era o cavaleiro móvel pessoal de Liam.

Maior que cavaleiros normais, era uma nave de alto nível que apenas algumas pessoas possivelmente eram capazes de pilotar.

— Por que você simplesmente não fica de fora desta vez? Não há necessidade de lutar lá pessoalmente.

— É o sonho de um garoto lutar dentro de um robô! Não se preocupe, dessa vez eu também trarei enormes lucros.

— … Nesse caso, então arranjarei um encontro com o Barão Exner.

— Deixo isso em suas mãos.

Assim que Liam terminou a chamada, Amagi imediatamente começou a fazer contato com as partes envolvidas.

— … o momento é bom, devo colocar aquelas pessoas para trabalhar também?

◇ ◇ ◇

O Terceiro Arsenal.

Na frente de muitos cavaleiros móveis enfileirados ali… Tia olhava para as armas humanoides.

Ela havia acabado de se graduar na universidade.

Após coletar os créditos necessários para a graduação, ela diretamente prosseguiu com isso.

De agora em diante, o que lhe aguardava era o treinamento para se tornar uma oficial, mas antes disso, ela retornaria ao território de Liam.

As garotas que também eram candidatas a se tornarem cavaleiras também estariam retornando.

… Todas elas queriam participar da caçada de piratas.

Eulisia, que era uma empregada do terceiro arsenal, estava explicando o mais novo modelo de cavaleiros.

— Esses são os modelos usados nas forças especiais do exército imperial.

Por design, os cavaleiros móveis deveriam ser grandes, mas as aeronaves na frente de Tia eram feitas de modo um pouco diferente.

Eram esguias em construção, e pareciam enfatizar aparência.

— As especificações listadas no catálogo não são ruins.

Eulisia respondeu com um sorriso ao comentário de Tia:

— Tenho confiança no conteúdo. Mesmo assim, o Conde realmente é impressionante. Não há tantos nobres assim capazes de comprar tantos cavaleiros em grande volume.

Centenas de novos modelos tinham sido comprados.

Enquanto se maravilhava com seu novo cavaleiro, Tia fez um pedido a Eulisia.

— Me é permitida uma cor pessoal, então gostaria de ter o meu pintado de branco e roxo.

— Uma cor pessoal para uma mera candidata a cavaleira? Você deve ter muita confiança em si.

Tia deu uma risada e sorriu:

— Não tenho, mas de agora em diante estou certa que sempre sairemos vitoriosos.

Quando as candidatas a cavaleiras da Casa Banfield entraram em suas respectivas naves, os olhos de todos os cavaleiros móveis brilharam com luz enquanto iniciavam.

Tia começou a se dirigir a todas:

— Todas vocês, fiquem gratas. O Senhor Liam nos deu a melhor oportunidade de provarmos nosso valor… é hora de uma caçada a piratas.

◇ ◇ ◇

Os dias de nosso treinamento fora estavam prestes a acabar.

No dia antes de termos que deixar a Casa… uma exibição de artes marciais estava sendo realizada com os estudantes graduandos como participantes.

Aqueles que tinham recebido tratamento preferencial venceram suas partidas um após o outro e o local estava preenchido de excitação.

No momento, acontecia a partida entre Kurt e Peter.

“-ku!”

— Hmm? Qual o problema? Somos ambos espadachins da Escola Arend, então é um problema para mim se você não puder sequer colocar um dedo em mim~.

Peter estava dominando completamente a partida enquanto ridicularizava Kurt.

Na realidade, eu estava bastante surpreso pela crueldade desnecessária.

Até certo ponto, era necessário ter uma luta normal para que seja difícil a audiência discernir que o fato de que a partida era armada.

Entretanto, Peter era assim tão mal, e ela parecia totalmente armada não importando como se visse.

Kurt também parecia um pouco confuso.

— Me perdoe.

Enquanto dizia uma coisa dessas, Kurt pareceu ter desistido enquanto intencionalmente largava sua espada.

Em primeiro lugar, apesar de serem ambos da mesma escola, eles tinham posturas completamente diferentes.

Não, alguma coisa aqui estava errada — esse cara realmente era o herdeiro de uma casa virtuosa?

O que era isso? O padrão onde o filho se torna inútil apesar do quão incríveis eram os pais?

Após largar sua espada, Kurt caiu de joelhos.

— … Eu me rendo.

A atmosfera no local parecia ter se aquietado um pouco, mas ainda era excitada.

Peter pisou em Kurt que estava ajoelhado.

— Então você reconhece minha habilidade?

— … Sim.

Só de olhar para a disposição de Kurt, dava para sentir pena dele.

Mesmo assim, não pude deixar de me maravilhar sobre como Peter tinha as qualidades necessárias para se tornar um bom Senhor Maligno algum dia.

Enquanto eu ponderava isso, Peter de repente virou sua imitação de espada para mim.

— Você também vai me enfrentar, já que será chato se isso simplesmente acabar aqui. Vem logo para a arena, seu pobre praticante de um estilo menor.

Quando Peter declarou tal, o visconde deu instruções para que eu subisse na arena enquanto fazia uma expressão perturbada.

O instrutor chefe dos cavaleiros começou a se desculpar comigo.

— Desculpa, ele é um convidado importante para nós, então apreciaríamos se fosse.

— Ele realmente teve a audácia de insultar minha escola. Ei velhote… está tudo bem se eu for pra cima dele seriamente?

O cavaleiro instrutor chefe me ofereceu um sorriso levemente diabólico.

— Bem, não é culpa dele por não parar de qualquer jeito? Eu realmente nunca gostei de atuar essas farsas para início de conversa. Entretanto, não o mate.

Apenas a parte sobre não matá-lo foi dita com uma cara séria.

Mas é claro que eu não o mataria.

— Não se preocupe com isso. Eu posso não ter muita prática com esse truque, mas com a ajuda do Kurt, eu fui capaz de encontrar uma solução para deixar meu estilo não-letal.

— Sério?

Em resposta ao cavaleiro suspeito, apresentei meu martelo sanfona de brinquedo.

Tanto neste universo quanto na minha vida anterior, esse era um martelo que fazia um sonzinho esganiçado sempre que acertava alguma coisa.

Não machucaria muito se eu o acertasse com isso.

— Espera, você não acha que isso pode ser um pouco desrespeitoso.

— Se eu não usar isso, então dependendo do oponente, posso acabar matando sem querer. Então está tudo bem.

Enquanto entrava na arena com meu martelo de brinquedo, Peter começou a rir de mim.

Visconde Razel me encarava como se eu houvesse acabado de martelar o último prego no caixão.

Peter se virou para mim:

— Puhahaha! Parece que você é tão pobre que não pode sequer comprar uma espada. Sabia que eu posso comprar tantas dessas quanto eu quiser?

Enquanto o escutava tagarelar, esperei pelo sinal de início.

O árbitro olhou na direção do Visconde Razel e pareceu estar hesitante, mas eventualmente deu o sinal após ser ordenado.

— Partida, inicie!

Imediatamente depois.

O martelo que eu balancei na cabeça de Peter fez um grande “Squeak!”, enquanto ele caía no chão com um “Thump!”. 

Assim que a partida começou, eu encerrei a distância de dei um balançar para baixo, enviando Peter para bater contra o chão.

Eu podia ver o branco de seus olhos.

— … Eu nem fiz muita coisa.

Sacudi o martelo para conferir sua condição, mas não parecia estar quebrado.

Era extremamente resistente para um brinquedo.

Enquanto eu me punha sozinho na arena, as crianças em volta que receberam tratamento preferencial começaram a me vaiar.

— V-você trapaceou! Isso é injusto!

— Se tiverem qualquer problema, então subam aqui.

Eu ensinarei a verdade deste universo e o que isso significa para pessoas sérias e bondosas.

Neste universo, aqueles corretos são os fortes.

São os fortes que estão certos.

A vós — futuros senhores virtuosos — eu ensinarei pessoalmente a realidade para todos.

— Será irritante enfrentá-los um de cada vez, então vou cuidar de todos vocês de uma vez só. Venham pra cima!

— Você é só um lixo de uma escola menor de esgrima, não fique meti- buh?!

Em resposta ao idiota que subiu na arena, o enviei voando para fora do ringue.

— Não é uma “escola menor”. É chamada de Lampejo-Único. Irei martelar esse nome em suas cabeças para que nunca esqueçam.

Aqueles que tinham vencido suas partidas começaram a subir na arena e a se aglomerarem na minha direção.

Lancei todos para fora do ringue com o meu martelo de brinquedo enquanto ria.

De pé no centro da arena, comecei a contar a eles as verdades do evento.

— Não fiquem metidos só porque venceram algumas partidas armadas! Vocês não são nada além de fracotes!

Não só as pessoas que me desafiaram, mas até o Visconde Razel estava me fitando com um rosto vermelho.

Acho que posso ter exagerado, porque não acho que eles queiram se envolver comigo nunca mais.

Mesmo assim, isso era refrescante.


 

Brian( ´ω・`): O Senhor Liam é incrível!

Tia( ゜∀゜): Como esperado do Senhor Liam!


Tradução: Batata Yacon   |   Revisão: Delongas


Ei, se estiverem gostando do projeto e desejarem ajudar um pouco, vocês podem fazer isso acessando o link abaixo, solucionando o Captcha e aguardando dez segundos para ir à nossa página de agradecimentos.

Podem acessar por aqui.


AnteriorPróximo

7 ideias sobre “LoMa – Volume 2 – Capítulo 8

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s